Sexta-feira, 2 de Outubro de 2015

Diz-me amor

lindas-15.jpg

 Diz-me?
O que é preciso, para derrubar muros, para fintar o tempo e a distância?
Diz-me, o que preciso de ser ou fazer, para te ter agora aqui?
Diz-me, se não te dói esta falta de mim e brincares no meu sabor?
Oh amor...
Diz-me?
Como afasto esta saudade...?
...como te tenho agora e te solto da minha memória?
Como te tenho, sem pedir?
Tantas perguntas e não entendo, como dois corações podem chorar à distância!
Sim amor, despedaçado agora salgado, como num batimento morrendo.
Porquê?
Porque tem que ser assim?
Porquê?
Onde está o mal em mim?
E agora pergunto, estás a chorar como eu?
Estás a gritar em silêncio, sorrindo para as outras?
Estás a viver em recordação, sofrendo, tal como eu?
E sentes-te vivo, mergulhando nas memórias saboreando o passado?
Naquele último beijo...
Naquele último olhar...
Naquela despedida, que arrancou em silêncio, o meu coração de ti...
Diz-me, agora cheguei a ti?
Sentiste tal como eu te sinto, esperando o dia e hora, cair em teu rosto e lamber tuas feridas de dor!
Apenas te abraçando em silêncio e pensar...
...hoje és meu

 

, aliviando minha alma mais uma vez, um dia...
Amo-te, desprezando o tempo ou distância, porque tu...
Tu, és a minha vida!

publicado por natydocura às 20:08
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.links

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.arquivos

. Março 2016

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Agosto 2012

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds